PIB cresce 6,1% no segundo trimestre

FolhaNews

A economia brasileira teve expansão de 6,1% no segundo trimestre de 2008, na comparação com igual período no ano passado. No acumulado do semestre, o incremento do Produto Interno Bruto (PIB) foi de 6% em relação ao período de janeiro a junho de 2007, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira (10/09). Em relação ao primeiro trimestre de 2008, o PIB cresceu 1,6%.

Ao todo, a economia movimentou R$ 716,9 bilhões de abril a junho e R$ 1,3 trilhão no primeiro semestre. Trata-se do melhor semestre desde os primeiros seis meses de 2004, quando o PIB cresceu 6,6%.

A taxa acumulada dos últimos 12 meses (encerrados em junho) indica alta de 6% do PIB em relação aos quatro trimestres imediatamente anteriores.

O PIB, que mostra o comportamento de uma economia, é a soma das riquezas produzidas por um país – é formado pela indústria, agropecuária e serviços. O PIB também pode ser analisado a partir do consumo, ou seja, pelo ponto de vista de quem se apropriou do que foi produzido. Neste caso, é dividido pelo consumo das famílias, pelo consumo do governo, pelos investimentos feitos pelo governo e empresas privadas e pelas exportações.

O investimento, medido pela chamada Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF), cresceu 16,2% no segundo trimestre, se comparado a igual período no ano anterior. É o maior incremento verificado para um segundo trimestre, desde o início da série histórica, em 2000. Na comparação com o primeiro trimestre, houve incremento de 5,4%. De janeiro a junho, a taxa de investimento aumentou 15,7% em relação ao período de janeiro a junho de 2007.

O destaque principal da economia brasileira no início de 2008 foi o setor agropecuário, que cresceu 7,1% em relação ao segundo trimestre de 2007 e 5,2% no semestre. Na comparação com o primeiro trimestre, a agropecuária teve expansão de 3,8%.

O setor de serviços registrou incremento de 5,5% frente ao segundo trimestre de 2007 e de 5,3% de janeiro a junho. Em relação ao primeiro trimestre, o segmento aumentou 1,3%.

O setor industrial cresceu 5,7%, na comparação com o período de abril a junho do ano passado. No semestre, essa expansão chegou a 6,3%. Em relação ao primeiro trimestre de 2008, a indústria teve alta de 0,9%. O consumo das famílias, por sua vez, aumentou 6,7% no segundo trimestre, e acumulou alta de 6,7% de janeiro a junho, sempre na comparação com iguais períodos em 2007. Em relação ao primeiro trimestre, constatou-se crescimento de 1%.

O consumo do governo registrou alta de 5,3% no segundo trimestre deste ano, se comparado a igual período em 2007. No primeiro semestre, essa elevação ficou em 5,6%. Em relação ao primeiro trimestre deste ano, o consumo do governo aumentou 0,3%.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: